A password will be e-mailed to you.

A surpreendente República Dominicana

O que você, amigo leitor, imagina quando se fala em República Dominicana?

Na certa, as belezas naturais de suas praias, o majestoso mar azul e sua areia branca, dentre outros pontos turísticos. Mas o país reserva muito mais do que belas paisagens. Na minha primeira visita por lá, em setembro, pude comprovar o quanto este lugar é simpático. Aliás, o que mais me impressionou foi a simpatia do povo dominicano.

Uma recepção calorosa que nos faz sentir em casa.

Vista do Hotel Sede da COPANI 2015


Praia de Bocachica – 25 minutos do centro

A comunidade nikkei, nesse ponto, não é diferente. Além de muito receptivos e interessados em cultivar amizades, estão unidos para realizar um importante evento no próximo ano: a COPANI 2015 (Convenção Panamericana Nikkei), algo audacioso se pensarmos em uma comunidade com pouco mais de 1.000 pessoas. Os preparativos começaram agora – com a realização de uma reunião no dia 13 de setembro com delegações de nikkeis das Américas da qual tive o privilégio de ser convidado – e já estão a todo vapor, com a constituição de um comitê local. Compacto, sim, porém, com muita vontade de aprender e fazer um evento à altura dos demais países que já sediaram o encontro.

Delegados dos países membros e comitê organizador


Delegação brasileira e comitê local

 

Junto com a delegação brasileira, participei de um evento cultural, o “Bon Odori”, realizado no Nihongako (escola japonesa). O sentimento é o mesmo dos eventos nikkeis espalhados pelo mundo, com muita comida japonesa e apresentações de cultura tradicional. Foi interessante notar a grande presença dos não-nikkeis, que estavam super participativos e interessados na cultura japonesa. Todos comendo yakitori, yakissoba e se arriscando a dançar odori…. Notamos que esse interesse é algo internacional muito forte – não somente no Brasil. A cultura japonesa está em evidência.

Festa do “Bon-Odori”


Comida japonesa – deliciosos Yakitori


Delegações visitando o Monumento a Imigração Japonesa na República Dominicana

Uma sensação ótima foi de, em pouco tempo de convivência com os nikkeis dominicanos, regressarmos com o sentimento de nos conhecermos há muito tempo. Tenho certeza que esse é um (ótimo) pressentimento.

Para a convenção do ano que vem, a expectativa é das melhores. A cidade-sede será a capital dominicana, Santo Domingo. Atualmente, possui uma ótima infraestrutura para acolher todos os participantes, com opções para os mais variados gostos; áreas comerciais e grandes shoppings com marcas internacionais, contrastando com um lindo centro colonial. Vale aqui o registro dessa rica história, pois a cidade foi a primeira da América. Lá, claro, não tem nem o que dizer sobre a exuberante natureza, com suas praias e áreas verdes incríveis.

 

Organizadores do evento – Equipe motivada

Enfim, isso foi uma pequena mostra do que se pode esperar do ano que vem na COPANI. Tenho certeza que será uma das melhores convenções que já aconteceram e espero grandes delegações dos países membros.

Afinal, ser recebido de braços abertos e ter contato com sentimentos de união e harmonia farão com que mais pessoas se apaixonem por esse país e seu povo.

GO!!! Próxima parada COPANI 2015, República Dominicana

Claudio H. Kurita Créditos Fotos: Shiro Ariyama, Angel Tateyama, Dali Yazawa e Claudio Kurita

Informações:

APN – Associação Panamericana Nikkei

https://www.facebook.com/pages/APN-Asociaci%C3%B3n-Panamericana-Nikkei-P%C3%A1gina-oficial/585424688156091?fref=ts

COPANI 2015 – República Dominicana

https://www.facebook.com/copani2015rd

**DICAS Gastronômicas**

Restaurante Samurai

O melhor restaurante de comida japonesa em Santo Domingo, sem dúvida espaço lindo e a comida sensacional.

https://www.facebook.com/RestaurantSamurai

http://www.samurairestaurante.com/

Barra Payan

Um local no centro super conhecido por funcionar 24h e por seus lanches saborosos e sucos naturais imperdíveis.

http://barrapayan.do/